Toda vez que um CD é vendido há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que um DVD é vendido há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é executada ao vivo em shows e eventos licenciados pelo ECAD há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é executada nas principais estações de rádio há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é utilizada em um programa de televisão há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é utilizada em um filme há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é usada em um comercial há direitos autorais a serem pagos ao compositor.
Toda vez que uma música é executada nos cinemas há direitos autorais a serem pagos ao compositor.

No exterior é a mesma coisa, porém há diferentes sistemas de coleta destes direitos para cada país.

O compositor poderia ele mesmo, na teoria, coletar muitos desses direitos autorais. Entretanto, isso envolve extensos processos administrativos e rouba o tempo que poderia ser usado em seu processo criativo.

O compositor deve licenciar suas obras musicais para um bom editor musical, que irá registrar suas composições com a sociedade local de direitos autorais de execução pública, emitir autorizações para as gravadoras e canais de televisão, negociar com as agências de publicidade e produtoras cinematográficas e coletar o máximo possível de direitos autorais que devem ser pagos ao compositor.
O editor musical irá licenciar todos esses direitos autorais a outros editores (sub-editores) no exterior, que irão fazer este mesmo processo de coleta nos diferentes países.

John Telfer, proprietário da Basement Brazil, tem uma rica experiência no mercado musical.
Preside a Basement Music, também editora musical, no Reino Unido há 30 anos e tem atuado também, com grande sucesso, na direção de artistas como Joe Jackson, Everything But The Girl e Television. Foi diretor executivo internacional da Rykodisc por 5 anos.
Frequentemente é procurado por compositores e os aconselha nos diversos aspectos burocratas do mercado musical.
john@basementbrazil.net

Maíra Colucci é a gerente administrativa da Basement Brazil. Ela também produz e organiza um festival anual de curta-metragens em Minas Gerais em seu tempo livre.
maira@basementbrazil.net

A Basement Brazil tem uma grande rede internacional de sub-editores independentes, que foram escolhidos por serem os melhores de seu país, através dos muitos anos de trabalho da Basement Music.
Nós temos um excelente sistema administrativo e ótimas relações de trabalho com a maioria da gravadoras, com a ABRAMUS – a associação de direitos autorais de execução pública que somos afiliados – e com os canais de televisão e produtoras de cinema.
Trabalhamos diretamente com compositores e catálogos, como Miguel Barella, Spin, filme de Cidade de Deus, Slag e Ethos.
Nossa filosofia de trabalho envolve profundo respeito aos compositores e por isso, não nós apropriamos das obras, nós cuidamos das obras e de seus compositores, com parceria e cumplicidade.